Tudo certo! Anderson Silva, Jéssica ‘Bate-Estaca’ e José Aldo confirmam lutas no UFC 237

100

José Aldo marcou cedo seu peso. O ex-campeão peso pena (66 kg) ficou com 66,2 kg, no limite das lutas que não valem cinturão para a sua categoria

 

Da Redação | CNA7
[email protected]

Os fãs podem ficar tranquilos: as principais estrelas do UFC 237, a ser realizado no Rio de Janeiro neste sábado (11), estão garantidas no evento. Anderson Silva, Jéssica ‘Bate-Estaca’ e José Aldo bateram normalmente o peso nesta sexta e confirmaram seus combates.

A luta principal foi confirmada logo no princípio da janela de duas horas: Jéssica usou o biombo, tirou a roupa, mas, na hora de registrar o número na balança, até brincou: disse que não teria sido necessário tirar toda a vestimenta para bater o peso de 52 kg. Alguns minutos depois, Rose Namajunas também chegou à zona de pesagem e cumpriu o primeiro compromisso do fim de semana do UFC 237.

As duas fizeram parte da primeira leva de atletas a subirem na balança. Elas chegaram na primeira meia hora, assim como outros 15 lutadores. Um deles foi Francisco ‘Massaranduba’, que lutaria contra Carlos Diego Ferreira na luta de abertura do card principal. O veterano ex-TUF bateu 70,1 kg, mas, pouco depois, a Comissão Atlética Brasileira de MMA informou que Ferreira não viria para a pesagem e, por isso, o confronto foi cancelado. Não foram dados detalhes sobre a situação do peso-leve (70 kg).

Anderson Silva também garantiu sua luta sem problemas. O ex-campeão dos médios (84 kg) vai enfrentar Jared Cannonier, que havia batido o peso pouco antes. Provavelmente incomodado pelo desgaste físico exacerbado da desidratação, ‘Spider’ nem esperou o costumeiro tempo que os atletas levam para serem fotografados na balança: apenas subiu, registrou seu peso e voltou para os bastidores.

Normalmente um dos últimos a subir na balança, desta vez José Aldo marcou cedo seu peso. O ex-campeão peso pena (66 kg) ficou com 66,2 kg, no limite das lutas que não valem cinturão para a sua categoria. Seu rival no duelo deste sábado, Alexander Volkanovski, pesou um pouco menos, mas também bem próximo do máximo permitido.

Quem não conseguiu cumprir com sua obrigação, além de Diego Ferreira, foi Bethe Correia. A paraibana ficou 2,2 kg acima do limite da categoria dos galos (61 kg), já contando com a libra (0,453 kg) de tolerância para duelos que não valem o cinturão. A menos que algo mude de última hora, entretanto, a luta contra Irene Aldana ocorrerá normalmente, depois que a brasileira negociar o repasse de uma porcentagem de sua bolsa para a mexicana.

Confira os resultados da pesagem do UFC 237:

Card principal
Palha feminino (52 kg) | Rose Namajunas (52 kg) vs. Jéssica ‘Bate-Estaca’ (52 kg)
Médio (84 kg) | Jared Cannonier (83,7 kg) vs. Anderson Silva (84 kg)
Pena (66 kg) | José Aldo (66,2 kg) vs. Alexander Volkanovski (66 kg)
Meio-médio (77 kg) | Thiago ‘Pitbull’ (77,3 kg) vs. Laureano Staropoli (77,3 kg)

Card preliminar
Meio-pesado (93 kg) Rogério ‘Minotouro’ (92,3 kg) vs. Ryan Spann (92,5 kg)
Leve (70 kg) | Thiago Moisés (70,3 kg) vs. Kurt Holobaugh (70,1 kg)
Galo feminino (61 kg) | Irene Aldana (61,5 kg) vs. Bethe Correia (63,9 kg)
Leve (70 kg) | B.J. Penn (70,5 kg) vs. Clay Guida (69,7 kg)
Mosca feminino (57 kg) | Luana Carolina (56,5 kg) vs. Priscila ‘Pedrita’ (57 kg)
Meio-médio (77 kg) | Warlley Alves (77,1 kg) vs. Sérgio Moraes (77,1 kg)
Galo (61 kg) | Raoni Barcelos (61,5 kg) vs. Carlos Huachin (61,5 kg)
Galo feminino (61 kg) | Talita Bernardo (61 kg) vs. Viviane Araújo (59,4 kg)

Com informações da AgFight