Suspeito de matar mulher em Maués com golpe de remo é espancado até a morte na prisão

73

 

A Polícia Militar de Maués registrou na noite Quarta (04), a morte do Presidiário Rosimar Sales Moraes (31 anos), que foi preso por ser responsável pelo assassinato de sua ex-companheira com um remo. O presidiário foi espancado violentamente na Unidade Prisional de Maués por outros detentos dentro do pavilhão em que estava preso. Ele ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do Hospital Geral da Cidade.

A Guarnição de serviço sob o Comando do 1° Sargento P. Fonseca e 2° Sargento G. Silva esteve na Unidade Prisional para colherem mais informações e ainda não se sabe qual foi a motivação do crime ocorrido na UPM de Maués.

Reprodução: Am em pauta

Fonte da Notícia: Jornal Maués em Dia |