Solange Almeida, ex-aviões do forró, agitará II Exposição Agropecuária de Nhamundá

307

Pela primeira vez a cantora estará na ilha de Nhamundá

 

Da Redação | CNA7
[email protected]

Nhamundá (AM) – Está confirmada para 2019 a apresentação da ex-integrante da banda Aviões do Forró, Solange Almeida, na II Exposição Agropecuária de Nhamundá (Expoanh). A confirmação foi dada na tarde desta terça-feira (26) na página oficial do evento. A festa acontece nos dias 24, 25 e 26 de maio.

Foto: Reprodução/Facebook

Como forma de tornar Nhamundá uma cidade que atraia turistas o ano inteiro e colabore com o desenvolvimento econômico, o prefeito Nenê Machado sempre foi ousado ao manter a Ilha Bela da Amazônia entre as mais conhecidas da Amazônia. O primeiro ano da Exposição foi realizado com muito sucesso e além de um grande público contou com avaliação positiva de quem acompanhou a programação.

Foto: Reprodução/Facebook

Para a definição da programação da EXPOANH o executivo municipal reuniu com os representantes de vários órgãos, para definir as estratégias de liberação do evento junto a Adaf e Ministério da Agricultura. Na oportunidade foram assinados os documentos necessários, que serão protocolados junto a Adaf e no Ministério para atender a todas as exigências sanitárias.

Foto: Reprodução/Facebook

Solange Almeida

A cantora Solange Almeida é natural da cidade de Alagoinhas, no interior de Bahia. Ela passou a maior parte de sua infância e adolescência em Barrocos (também no interior de Bahia). Aos cinco anos de idade, por influência de um tio, passou a cantar em pequenas reuniões familiares. Aos doze anos iniciou sua carreira profissional, escrevendo canções e se apresentando em pequenos festivais regionais. Na adolescência, passou a dançar e cantar em diversas bandas de forró, emplacando dezenas de sucessos.

Apesar da pouca idade, já possuía um gosto musical avançado, ouvia de Clara Nunes a Roberto Carlos. Passou por várias bandas e emplacou dezenas de sucessos no norte, nordeste e sudeste, destaque para os grupos “Banda G” e “Caviar com Rapadura”. Em setembro de 2002, recebeu a proposta para integrar aos vocais de uma nova banda que mudaria o cenário do gênero, o Aviões do Forró. O grupo apresentava uma proposta diferente que em pouco tempo viria se tornar o fenômeno do Brasil.