Presidente do Garantido avalia como natural investigação do MP sobre contas dos bumbás

187

Da Redação | CNA7

O presidente da Associação Folclórica Boi-bumbá Garantido afirmou nesta segunda-feira que recebe com naturalidade a informação de que o Ministério Público irá avaliar regularidade das contas dos Bois de Parintins. Fábio Cardoso publicou nota a imprensa sobre o procedimento.

Nota

A Associação Folclórica Boi Bumbá Garantido recebe com naturalidade a informação da atuação do Ministério Público do Estado do Amazonas voltada a REGULARIDADE da aplicação de valores recebidos através de verba pública.

Em 2018, prestamos contas ao Governo do Amazonas por meio da AMAZONASTUR, que inclusive foi julgada e aprovada, sendo encaminhada posteriormente ao Tribunal de Contas do Estado do Amazonas. Da mesma forma em 2019, apresentamos a SEC, sendo que estamos aguardando julgamento, e posteriormente será encaminhada ao TCE.

Referente a matéria, afirmamos que quanto ao Boi Garantido que não recebemos ainda nenhuma notificação, tampouco apresentamos qualquer documentação para apreciação deste respeitado Órgão. Vale ressaltar que o Boi Garantido é Associação Folclórico e não Cultural como consta na matéria.

Esclarecemos ainda, que não apresentamos documentação, pois não fomos notificados, logo a afirmação de que foram encontradas “indícios de irregularidades” na Prestação de Contas não se refere às contas do Boi Garantido.

Atenciosamente,

Fábio Cardoso
Presidente do Boi Garantido