Polícia Militar apreende mais de três toneladas de pescado em embarcação vinda de Tapauá

79

 

 

Policias militares do Comando de Policiamento Ambiental (CPamb) detiveram dois suspeitos durante a apreensão de mais de três toneladas de pescado em uma embarcação na manhã desta quinta-feira (15/02). Os peixes são de espécies variadas e, por conta do período de defeso, são protegidos pela legislação ambiental para que possam se reproduzir.

O carregamento era monitorado desde o município Tapauá, distante a 760 quilômetros de Manaus, e foi apreendido quando a embarcação aportou na capital, área da Manaus Moderna. Os policias receberam denúncia de que o pescado estava vindo de Tapauá para Manaus pelo rio. Equipes foram para a balsa onde a embarcação atracaria. No interior do barco, a equipe encontrou, primeiro, 2.428 quilos de sardinha.

A responsável pelo carregamento apresentou a Guia de Trânsito para Pescado com declaração de estoque expedido pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), mas o documento apontava quantidade de 1.000 quilos, ou seja, muito inferior ao que foi encontrada pela Polícia Militar. O responsável pelas sardinhas foi detido.

Na fiscalização ainda foram encontrados 142 quilos de pacu no frigorífico da embarcação. Foi nesse momento que o segundo suspeito foi detido. Em algumas caixas de isopor estavam 228 quilos de pirarucu, outros 103 quilos de pacu, 150 quilos de tucunaré e 235 quilos de outras espécies.

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) foi acionado e realizou a autuação dos responsáveis. Os suspeitos foram conduzidos para a Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente e Urbanismo (Dema). O pescado foi doado para instituições de cadastradas.