Opinião: Eduardo Lessa: Um homem além do seu tempo

221

 

“Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, ‘planos de fazê-los prosperar e não causar dano, planos de dar a vocês esperança e um futuro”.
Jeremias 29:11

Elisângela Oliveira Lessa | CNA7
Psicóloga e Educadora Cristã

Eduardo França Lessa é, reconhecidamente, uma das pessoas mais memoráveis da cidade de Parintins. Neste ano (2019), se fosse vivo, Pr. Lessa completaria o centenário de vida: 100 anos de idade. E hoje, trazemos à memória a história deste homem que contribuiu para o desenvolvimento desta cidade tanto na área da educação, saúde, cultura (com sua visão de mundo diferenciada para sua época e sua inteligência brilhante), quanto no fortalecimento da fé através da mensagem de salvação e liberdade para estudar a Palavra de Deus, com ensinamentos da doutrina batista.

Nascido no dia 07 de setembro de 1919, no Estado do Rio de Janeiro, era filho de Alberto Vaz Lessa e Dinorah França Lessa. Estudou o Ensino Fundamental (antigo 1º Grau) e Ensino Médio (antigo 2º Grau) no Estado de Minas Gerais. Nos Estados Unidos, cursou Sociologia e Psicologia na faculdade Georgetown College e Teologia no Southern Baptist Theological Seminary – ambas no estado de Kentucky – EUA.

Toronto – Canadá; Nova York – EUA; Honolulu; Havaí; Colômbia; Cuba; República Dominicana; Barbados e Guiana Francesa, foram lugares por onde passou durante suas férias, fazendo intercâmbios culturais e cursos na área da saúde.

Pr. Lessa também atendia as comunidades ribeirinhas levando atendimento aos comunitários e/ou trazendo equipes médico-odontológica dos Estados Unidos para ajudá-lo. Esse trabalho ainda hoje é continuado por seu filho Elmer que atende tanto no Baixo Amazonas quanto no Alto Solimões em parceria com equipes dos Estados Unidos e algumas igrejas do sudeste do Brasil, contando com o apoio do município de Parintins.

Pr. Lessa chegou ao Amazonas na década de 1950 e participou da fundação da Primeira Igreja Batista de Parintins – uma Igreja que tem prestado relevantes serviços para a comunidade parintinense.

Pr. Lessa deixou um grandioso prédio em construção, que hoje, sob a liderança de seu filho Elmer, juntamente com um grupo de pastores e uma equipe de líderes e voluntários está em fase de acabamento.

Em 1955, Pr. Lessa funda o Colégio Batista de Parintins proporcionando vários cursos aos jovens tanto de Parintins quanto dos municípios vizinhos, sendo referência no ensino de excelência na região. Hoje, o colégio é dirigido pelo professor Eduardo Lessa Jr. que continua impactado muitas gerações.

Em 1958, Pr. Lessa casou-se com a Professora Eglantina Brelaz Lessa com quem trabalhou lado a lado. Juntos, enfrentaram muitas batalhas, mas suas conquistas foram ainda maiores. A família cresceu com a chegada dos três filhos: Eduardo França Lessa Jr., Ethel Lee Lessa Starkey, Elmer Brelaz Lessa. Filhos, que hoje dão continuidade ao legado de seu pai juntamente com sua mãe, a Professora Eglantina, que ainda participa das decisões sobre os projetos que a família realiza na região.

Pr. Lessa também trabalhou com os povos Sateré-Mawé, dando suporte para os missionários Albert e Sue Graham na tradução da Bíblia para a sua língua. Ajudou também na fundação de igrejas batistas em algumas aldeias. A família Lessa hospedava os indígenas em sua própria residência quando ainda não existia a Casa do Índio ou o Posto da Funai. Essa obra também não parou, na realidade, expandiu ainda mais. Pr. Elmer continua dando suporte para a comunidade indígena.

A preocupação do Pr. Lessa com a comunidade parintinense levou-o a construir o Complexo Social Bom Samaritano, com a finalidade de atender os anseios da população local com a realização de cursos profissionalizantes e atendimento a pessoas deficientes. Hoje, no complexo funciona um Centro de Treinamento de Líderes para as comunidades ribeirinhas e um de seus prédios é cedido para acolher projetos sociais do município de Parintins.

Merecidamente Pr. Lessa recebeu o título de Cidadão Parintinense, uma propositura do então Prefeito Gláucio Gonçalves na Câmara Municipal de Parintins. Anos mais tarde recebeu também o título de Cidadão Amazonense – proposta pelo então Deputado Estadual Enéas Gonçalves na Assembleia Legislativa do Estado Amazonas. Títulos que lhe foram conferidos pelos relevantes serviços prestados a esta comunidade.

No dia 23 de julho de 1993, Parintins se entristeceu com a partida do Pr. Lessa, personagem tão importante para as pessoas desta cidade. Uma grande multidão esteve presente no seu funeral para despedir-se de alguém que tocou a vida de muitos.

Sua memória permanece viva em nossos dias através do seu legado e dos frutos do seu trabalho.

Somos gratos a Deus pela dedicação e ousadia deste homem. E hoje, quando celebramos o centenário de sua vida, queremos em nome da família Lessa, agradecer a todos que honram sua história, sua memória, seu legado e sua relevante contribuição para a sociedade parintinense.

 “Combati o bom combate, acabei a carreira e guardei a fé”
II Timóteo 4:7

 Eduardo Lessa – Um homem além do seu Tempo
1919-2019