Mulher queima mãos do filho de seis anos com colher quente

130

Na noite noite desta terça-feira (18), o conselho tutelar de Abaetetuba, nordeste paraense, foi até uma casa no bairro Angélica para averiguar um caso de maus-tratos contra um menino de nove anos, que chegou ao conhecimento dos conselheiros por meio de uma denúncia anônima. Chegando ao local, eles confirmaram que a denúncia era verdadeira ao encontrarem um menino de seis anos com ambas as mãos queimadas, com ferimentos gravíssimos. A autora da tortura foi a mãe da criança, que disse que fez aquilo para “disciplinar’ o filho, usando uma colher quente.

Mãos da criança

De acordo com o conselho tutelar, o caso de agressão foi na segunda-feira (16), mas somente ontem eles tomaram conhecimento do caso, seguindo imediatamente ao local. O menino foi socorrido e levado até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, mas devido à gravidade dos ferimentos, foi transferido ao Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, que conta com uma ala especializada no atendimento de casos de queimaduras.

A mulher, identificada como Jéssica Pires dos Santos, contou que esta é a terceira vez que agride o menino para “ensinar uma lição”, Segundo ela, o garoto de seis anos costuma pegar dinheiro de sua bolsa. Na primeira e segunda ocasião, ela teria espancado a criança, e quando ele voltou a pegar moedas dela sem permissão, ela resolveu esquentar uma colher no fogão e queimar suas mãos. A pele da palma ficou retorcida com o calor do metal, causando extremo sofrimento à criança.

Ainda segundo o Conselho Tutelar, a mulher foi presa em flagrante e levada à delegacia, onde segue detida. O menino, depois de receber alta do hospital, deve ser encaminhado para morar com seu pai, já que o casal é separado.

Fonte: O liberal