Glenio Seixas recebe prêmio por levar água tratada para populações tradicionais de Barreirinha

163

Destaque no estado do Amazonas por inovar na estruturação da implantação do Sistema Salta-Z nas comunidades ribeirinhas, o prefeito do município de Barreirinha (distante a 331 km de Manaus), Glenio Seixas, recebeu nesta segunda-feira, dia 07 de outubro, os prêmios de prefeito parceiro e “Histórias de Sucesso” , reconhecimentos ofertados pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa), durante a abertura do I Seminário de Saneamento Ambiental do Amazonas, que aconteceu no Centro de Eventos Vasco Vasques.

Prefeito Glenio Seixas

Glenio e mais 29 prefeitos foram premiados com a estatueta de prefeito parceiro da entidade, por estarem executando em seus municípios projetos adquiridos junto a Funasa para melhoramento de esgotamento sanitário, tratamento de água ou melhorias na destinação dos resíduos sólidos. Ochefe do executivo municipal barreirinhense, se destacou na categoria “Caso de Sucesso” pela inovação nas estruturas instaladas aos componentes de captação de água do Salta-Z, que em Barreirinha foi construído em concreto armado e estruturas metálicas.

“Com o termo de cooperação técnica assinado em 2018, foram destinados 09 estações desse projeto. No primeiro momento pensamos em deixar uma estrutura que pudesse ter longevidade e ter funcionalidade plena, por isso fizemos a elevação da caixa d’água de 5 mil litros em um espaço feito em concreto armado e os espaços adjacentes em alvenaria para facilitar o acesso da população e proteger de possíveis danos, agradeço a Funasa pelo reconhecimento, sempre vou buscar elevar o nome de Barreirinha a grandes patamares” , expressou Seixas.

Nesta terça-feira, a convite da organização do Seminário, Glenio Seixas estará compartilhando aos participantes do evento em uma mesa redonda, de sua experiência na instalação da estrutura pioneira do Salta-Z em comunidades formadas por populações tradicionais. A programação iniciará as 14h, na sala 07 do Centro de Convenções Vasco Vasques, em Manaus.