Ex-São Paulo, Régis é dispensado pelo CSA após confusão em motel

74

Dispensado pelo São Paulo em 2018, Régis admitiu no ano passado problemas com drogas e foi detido em outubro por ameaça e violação de domicílio

 

Da Redação | CNA7
[email protected]

O lateral-direito Régis não faz mais parte do elenco do CSA. Nesta terça-feira, o clube alagoano anunciou a dispensa do defensor, na sequência de um problema extracampo que o jogador se envolveu, na madrugada de domingo para segunda, na entrada de um motel em Maceió.

Pela confusão, Régis chegou a ficar detido, sendo liberado depois. O lateral estava no CSA desde o início de uma temporada histórica para o clube, que está de volta à elite do futebol nacional. E o lateral vinha sendo titular com o técnico Marcelo Cabo, tendo marcado dois gols em sete jogos disputados.

“O Centro Sportivo Alagoano comunica que o atleta Régis Ribeiro de Souza não faz mais parte do elenco azulino. O Clube agradece os serviços prestados e deseja muita sorte no decorrer da carreira”, afirmou o CSA em comunicado oficial publicado no seu perfil no Twitter.

Dispensado pelo São Paulo em 2018, Régis admitiu no ano passado problemas com drogas e foi detido em outubro por ameaça e violação de domicílio. Com 29 anos, o lateral possui um currículo extenso no futebol, com passagens por clubes como Guarani, Ponte Preta, Portuguesa e Paysandu.

Em 2019, o CSA lidera o Campeonato Alagoano e ocupa a segunda posição em seu grupo na Copa do Nordeste, mas foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil. Vice-campeão da Série B em 2018, o time vai estrear no Brasileirão contra o Ceará, como visitante, na rodada que tem o dia 28 de abril como data-base. Com informações do Estadão Conteúdo.