Anderson Silva perde e todos os brasileiros saem derrotados no UFC Austrália

125

Spider foi derrotado na decisão unânime dos juízes 

 

Niash dos Anjos | CNA7
[email protected]

No UFC 234, que foi realizado na Austrália, a lenda brasileira do MMA, Anderson Silva, 42 anos, encarou a jovem promessa nigeriana, Israel Adesanya que é 13 anos mais novo que o Spider. O confronto foi válido pelo peso médio.

A luta começou com Adesanya tomando a iniciativa no combate, misturando socos e chutes, o nigeriano conseguiu capitalizar bem os golpes no brasileiro. Após não ser efetivo até a metade do round, Anderson partiu pra cima de Israel, mas a tentativa esbarrou na guarda do nigeriano. Ao término do round vitória nítida de Israel.

Na volta do segundo round, Anderson Silva partiu pra cima do adversário e conseguiu aplicar golpes contundente. Adesanya parecia respeitar o estilo de luta do brasileiro. Necessitando ganhar o round para empatar a luta, Anderson não tomou conhecimento e desferiu golpes mais efeitivos ganhando o segundo round.

Após ambos os lutadores vencerem cada round, o último começou com emoção. Adesanya deixou o respeito de lado e partiu pra cima do brasileiro, realizando o jogo de contra golpe, Spider viu seu adversário ser mais contundente e desferir a maior quantidade de golpes efetivos. Na metade final, Adesanya ‘tirou o pé do acelerador’ e apenas controlou a luta. Os juízes laterais marcaram vitória unânime de Adesanya, que agora amplia seu cartel para 16 vitorias e nenhuma derrota, sendo 5 vitórias seguidos no UFC.

Fazendo a penúltima luta da noite, o curitibano Marcos Rosa foi derrotado pelo americano Lando Vannata. Após ser derrubado nos minutos iniciais de luta, o paranaense não conseguiu impedir o ímpeto de Vannata que encaixou uma kimura finalizando o brasileiro logo no primeiro round.

O brasiliense Rany Yahya enfrentou o americano Ricky Simón, no card principal do UFC na Austrália. Yahya que é especialista no Jiu-Jitsu teve suas tentativas de quedas frustradas pelo norte americano. Após três rounds de 5 minutos o brasileiro foi derrotado na decisão unânime dos juízes. Rany perdeu todos oa rounds segundo os juízes laterais.

Na porção preliminar do evento, o brasileiro Raulian Paiva foi derrotado na decisão dividida pelo australiano Kai Kara-France, o duelo foi realizado na categoria peso mosca. A marcação das papeletas dos juízes ficou (29-28, 29-28, 28-29) France.