Aluno entra em escola de Parintins para matar professor

358

Niash dos Anjos | CNA7
[email protected]

O desespero tomou conta de pais e alunos da Escola Estadual João Bosco, em Parintins, na manhã desta quarta-feira, 7. Um adolescente de 17 anos, estava armado na escola para cometer um homicídio contra o senhor Sávio Augusto, 45, gestor do local. A Polícia Militar de Parintins foi acionada para intervir no educandário.

O jovem estava portando um simulacro de arma de fogo, uma arma branca (faca) e uma munição de fuzil calibre 762. Segundo informações de alunos, o jovem foi armado para escola, por causa de um professor. Em algumas conversas realizadas com alguns colegas, o mesmo já falou para diversos alunos que queria matar o professor. Houve momentos de tensão no local, os alunos foram liberados as pressas e muitos pais ficaram angustiados com a situação.

CASO

O gestor da Escola João Bosco, Sávio Augusto, relatou ter recebido uma denúncia de uma mãe de aluna, a qual tinha ouvido que um aluno do 2° ano realizaria, no dia seguinte, um ataque para matar alunos e o gestor da escola. Com a informação, o gestor ligou para a PM que foi até o local para averiguar o caso.

Em sala de aula, policiais militares realizaram uma busca nos pertences dos alunos. Na bolsa do menor infrator, foi encontrado um simulacro de arma de fogo, uma arma branca (faca) e uma munição de fuzil calibre 762. Após a confirmação, o jovem foi apresentado na Delegacia Interativa de Parintins.