Além do cinturão, Adesanya leva para casa R$ 202 mil em bônus do UFC Austrália

46

Além do cinturão peso-médio (84 kg) do UFC, conquistado neste sábado (5), ao derrotar Robert Whittaker, Israel Adesanya levará para casa o prêmio de Performance da Noite, embolsando 50 mil dólares (aproximadamente R$ 202 mil) a mais em sua conta. O nigeriano nocauteou, no segundo round, o então campeão linear, que lutava em casa, na Austrália.

Adesanya demonstrou tranquilidade para segurar o ímpeto inicial de Whittaker, que lutava empurrado pela torcida local. O nigeriano foi se soltando aos poucos no combate e quase conseguiu a vitória faltando poucos segundos para o final do primeiro assalto, quando levou o rival à knockdown no soar do gongo. Já no segundo round, durante uma intensa trocação, o invicto lutador acertou mais um potente golpe, desta vez não dando chance de o australiano se recuperar, garantindo assim o cinturão linear da categoria.

O peso-pesado Yorgan de Castro foi o outro atleta contemplado com o bônus de Performance da Noite, recebendo a mesma quantia que Adesanya pelo prêmio. O lutador natural de Cabo Verde nocauteou, ainda na etapa inicial, o australiano Justin Tafa, em luta válida pelo card principal do UFC Austrália.

Já o eletrizante duelo entre Brad Riddell e Jamie Mullarkey, que terminou com vitória do primeiro na decisão unânime dos juízes, foi o premiado como Luta da Noite. Pela apresentação, ambos os atletas receberão 50 mil dólares (cerca de R$ 202 mil). Com informações de AgFight.